Indústria brasileira apresenta, na COP-26, suas iniciativas na agenda de mudanças climáticas

A indústria brasileira tem mostrado na 26ª Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas (COP-26), em Glasgow, que está fazendo sua parte nos esforços de transição para uma economia de baixo carbono. Nesta terça-feira (9), o setor produtivo nacional apresentará sua agenda de sustentabilidade e experiências bem-sucedidas no Brazilian Industry Day, que ocorrerá com transmissão a partir da Escócia e do Brasil. A programação começa às 7h (horário de Brasília) com autoridades e representantes de entidades e empresas industriais e será transmitido pelo YouTube da CNI.

“Embora já seja responsável por uma baixa intensidade de emissão de carbono, a indústria brasileira compreende a importância do seu papel nos esforços internacionais pela adoção de uma economia descarbonizada. Por isso, vários segmentos industriais têm encarado como prioridade diminuir a emissão de gases prejudiciais à natureza”, afirma o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade.

Andrade participa da abertura ao lado do vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM); do ministro do Meio Ambiente, Joaquim Álvaro Pereira Leite; e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), direto da COP-26, em Glasgow.

A programação está distribuída em painéis com base nos pilares definidos pela indústria em sua estratégia de transição para uma economia de baixo carbono: indústria e natureza, que falará de iniciativas de uso sustentável das florestas; economia circular, com foco no melhor aproveitamento dos recursos naturais; e em transição energética, com iniciativas em uso de fontes renováveis e iniciativas de eficiência energética.

Fonte: CNI

COMUNICAÇÃO
PARA SUA PADARIA

ACESSE NOSSAS REDES

RECEBA NOSSAS NOVIDADES!

INSTITUIÇÕES

CLIPPING DA PANIFICAÇÃO E CONFEITARIA